Surto de gripe nos EUA faz governo recomendar cuidados aos turistas

Fonte: Ministério da Saúde, em 20/01/2013

Os EUA enfrentam uma das piores ondas de gripe dos últimos anos. Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, nove das dez regiões americanas tinham “atividade gripal” elevada em janeiro de 2013.

Diante do aumento de casos de gripe em alguns estados dos Estados Unidos, o governo brasileiro divulgou orientações para quem está no país ou planeja visitar.

O surto de gripe nos Estados Unidos não requer que os brasileiros cancelem viagens para aquele país, informou o Ministério da Saúde. Mas convém tomar alguns cuidados, especialmente idosos, crianças menores de dois anos, mulheres grávidas e portadores de doenças que afetem a imunidade.

Entre as medidas estão evitar contato com pessoas doentes; lavar as mãos com água e sabão ou recorrer ao álcool em gel várias vezes ao dia e proteger tosse e espirro com lenço descartável.

Ainda segundo o informe do ministério, turistas que estejam nos Estados Unidos e apresentarem os sintomas da gripe (febre, tosse e dor de garganta) devem procurar um médico imediatamente, para avaliar a necessidade de uso de medicamentos antivirais.

Não é obrigatório se vacinar, de acordo com o ministério, mas é recomendável. Caso o viajante opte pela vacinação, esta deve ser feita pelo menos 15 dias antes da viagem, já que a mesma leva cerca de duas semanas para fazer efeito.

Share