Penta

1. Apresentação
A vacina adsorvida contra difteria, tétano, pertussis, hepatite B (recombinante) e Haemophilus influenzae b (conjugada) apresenta-se sob a forma líquida em frascos multidose.

2. Composição
É composta pela combinação de toxoides purificados de difteria e tétano, suspensão celular inativada de Bordetella pertussis (células inteiras), antígeno de superfície da hepatite B (recombinante) e oligossacarídeos conjugados de Haemophilus influenzae b (conjugada). Tem como adjuvante o fosfato de alumínio e como conservante o tiomersal.

3. Indicação
A vacina protege contra a difteria, o tétano, a coqueluche, a hepatite B e as infecções causadas pelo Haemophilus influenzae b. É indicada para a vacinação de crianças menores de 5 anos de idade como dose do esquema básico.

4. Contraindicação
A vacina é contraindicada nas situações gerais referidas no tópico 2 da Parte IV do Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação do Ministério da Saúde. Também não deve ser administrada quando a criança apresentar quadro neurológico em atividade ou quando, após dose anterior de vacina com estes componentes, a criança registrar qualquer das seguintes manifestações:
• Convulsão nas primeiras 72 horas após a administração da vacina.
• Episódio hipotônico-hiporresponsivo nas primeiras 48 horas após a administração da vacina.
• Encefalopatia aguda grave depois de sete dias após a administração de dose anterior da vacina.
• História de choque anafilático após administração de dose anterior da vacina.
• Usuários a partir de 7 anos de idade.
Nestas situações, encaminhe o usuário ao Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie) ou busque orientação no Crie sobre as vacinas que devem ser indicadas para o usuário.

5. Esquema, dose e volume
O esquema corresponde a três doses, administradas aos 2, aos 4 e aos 6 meses de idade, com intervalo de 60 dias entre as doses. São necessárias doses de reforço com a vacina adsorvida difteria, tétano e pertussis (DTP), que devem ser administradas aos 15 meses e aos 4 anos de idade. O volume a ser administrado é de 0,5 mL. A idade máxima para se administrar as vacinas com o componente pertussis de células inteiras é 6 anos, 11 meses e 29 dias.

6. Via de administração
A vacina é administrada por via intramuscular profunda.

Notas:
 Em menores de 2 anos, a vacina Penta deve ser administrada no músculo vasto lateral da coxa; já nos maiores de dois anos, no deltóide.
 Deve ser evitada administração da vacina Penta na região glútea, em razão da maior quantidade de tecido adiposo, situação em que a vacina não é inoculada no interior do músculo.

7. Conservação
A vacina deve ser conservada entre +2ºC e +8ºC (sendo ideal +5ºC), não podendo ser congelada. O congelamento provoca a perda de potência e/ou forma agregados e/ou aumenta o risco de eventos adversos.